A SP-Arte está constantemente em busca de criar e reforçar os laços que unem diferentes agentes do circuito das artes. Por isso, incentiva ações voltadas a artistas, curadores, instituições e galerias. São iniciativas que alavancam oportunidades de educação continuada por meio de bolsas de residência no exterior, oferecidas a criadores brasileiros, e suporte financeiro para o desenvolvimento de projetos criativos.


Illy Sustain Art

GRILO_noinvocotunombre

A quarta edição do Prêmio Illy Sustain Art agraciou Ivan Grilo, representado pelas galerias Casa Triângulo e Luciana Caravello Arte Contemporânea. A comissão julgadora foi formada por Fernanda Feitosa, diretora da SP-Arte, e por Paulo Miyada, curador do Instituto Tomie Ohtake. O artista recebeu um prêmio de R$ 20.000.

O Illy Sustain Art foi fundado em 2007 com o intuito de impulsionar novos talentos da arte contemporânea em países em desenvolvimento. Entre suas atividades está o Prêmio Illy Sustain Art, realizado em feiras e exposições de arte contemporânea pelo mundo e, desde 2012, também na SP-Arte.


ICCo/SP-Arte

DSC_0684

O júri elegeu em 2015 três artistas: Beto Shwafaty, da galeria Luisa Strina; Mayana Redin, da Silvia Cintra + Box4; Pedro Motta, da Celma Albuquerque.

No segundo semestre de 2015, Beto Shwafaty foi recebido pela Residency Unlimited (RU), em Nova York, coordenada pelos diretores Nathalie Anglès e Boshko Boskovic, enquanto Mayana Redin e Pedro Motta foram para a FLORA ars+natura, em Honda, na Colômbia, supervisionados pelos curadores José Roca e Adriana Hurtado. Os artistas passaram de dois a três meses numa imersão em pesquisa, produção e networking, recebendo toda a estrutura necessária para o desenvolvimento de seus trabalhos.

Desde 2013, a SP-Arte e o ICCo – Instituto de Cultura Contemporânea concedem bolsas de residência artística internacional para artistas em ascensão, representados por galerias participantes da Feira. É mais uma ação da SP-Arte que promove a circulação de agentes do campo das artes.