SP-Arte 2019

Tunga

Brasil, 1952

Sobre

Antonio José de Barros Carvalho e Mello Mourão nasceu em Palmares, em Pernambuco, em 1952 e faleceu no Rio de Janeiro, em 2016. Foi escultor, desenhista e artista performático. Para realizar seu trabalho, investiga áreas do conhecimento como literatura, filosofia, psicanálise, teatro, além de disciplinas das ciências exatas e biológicas.

Entre as exposições das quais participou estão as individuais no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1975) e "Tríade trindade" (2018), no Octógono da Pinacoteca do Estado de São Paulo; e as coletivas na Galeria da Maison de France (1974) e a 23a Bienal Internacional de São Paulo (2018).

Recebeu o "Johnny Walker Prize" (1998), do Museu de Belas Artes e o "Hugo Boss Prize 2000" (2000), da Guggenheim Foudation. Suas obras integram importantes acervos como do Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York; do Museu d´Art Contemporani de Barcelona, em Barcelona, na Espanha; e do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

Fonte: Galeria Bergamin & Gomide.


Galerias

Exposições

Perfil SP‑Arte

Assine e fique por dentro dos principais acontecimentos do mundo da arte