SP-Arte lamenta a perda da artista nova-iorquina Rosemarie Castoro

20 mai 2015, 21h03

A artista Rosemarie Castoro faleceu na última segunda-feira (18) aos 76 anos, de acordo com a galeria Broadway 1602, em Nova York, que a representa.

Na SP-Arte/2015, a galeria apresentou exclusivamente obras de Castoro, como parte do projeto Solo, curado por Rodrigo Moura e María Inés Rodriguéz.

A nova-iorquina foi figura central entre os artistas minimalistas da cidade e uma das poucas mulheres amplamente reconhecidas trabalhando nesse ambiente.

Nascida no Brooklyn, ela colaborou com a pioneira da dança moderna Yvonne Rainer. Ficou conhecida por suas pinturas e mais recentemente também por seu trabalho em escultura.

Suas obras estão nas coleções do Museum of Modern Art, o MoMA de Nova York, e o Centre National des Arts Plastiques, de Paris, entre outros museus e instituições pelo mundo.