Conheça os palestrantes do segundo dia de debates da série Talks – Arte como valor

24 mar 2015, 19h12

Em 2015, a SP-Arte promove seu ciclo palestras em conjunto com a revista ARTE!Brasileiros.

Intitulado Talks – Arte como valor / Art As a Value, o programa está marcado para os dois primeiros dias da feira, 09 e 10 de abril (quinta e sexta-feira). Haverá debates, junto a especialistas da cultura, colecionadores, historiadores de arte, investidores e galeristas, sobre como se constrói o valor e o preço de uma obra de arte e as variáveis que influenciam tendências e posicionamentos de artistas e coleções.

Abaixo, você conhece os palestrantes da manhã de sexta (10).

Marcio Fainziliber (nascido no Rio de Janeiro, Brasil, onde atualmente vive) obteve o diploma de MBA pela Harvard Business School em 1977. Atuou como diretor do Unibanco (1977-1984) e sócio do Banco Pactual (1984-1994), onde foi responsável pela administração e depois pela área de investment banking. Tornou- -se investidor privado em 1994, participando ativamente do conselho de várias ONGs e de projetos ligados à inclusão digital, ao aprimoramento do ensino público e ao apoio aos menos favorecidos. É colecionador de arte contemporânea, membro do seleto Collections Council do Guggenheim Museum (Nova York) desde 2009 e presidente do Conselho do Museu de Arte do Rio (MAR) desde sua inauguração, em 2013.

Mera e Don Rubell são pioneiros que descobrem e patrocinam artistas jovens, bairros ainda desconhecidos e novas ideias. Casaram-se em 1964 e logo depois começaram a colecionar arte, inicialmente com um orçamento mensal de US$ 25. Em 1992, junto com os filhos Jason e Jennifer, mudaram-se para Miami, começaram a incorporar hotéis e criaram um museu de arte contemporânea para armazenar abrigar sua coleção. A Coleção da Família Rubell, aberta para o público em 1994, tem mais de 6.800 trabalhos de artistas proeminentes das últimas décadas e é uma das maiores coleções particulares do mundo.

Simon Watson (nascido no Canadá, criado na Inglaterra e nos Estados Unidos) é curador independente, art advisor e especialista em marketing de eventos culturais, sediado em Nova York e São Paulo. Veterano de 30 anos no cenário cultural em três continentes, é conselheiro em programas para colecionadores de arte, tanto para instituições quanto para pessoas físicas, e foi conselheiro de dezenas de marcas da mídia global e de luxo na criação de programas específicos exclusivos baseados nas artes visuais. Nas últimas três décadas, Watson criou mais de 200 exposições de arte, cujo foco de curadoria tem sido importantes artistas emergentes e pouco reconhecidos com excelente potencial.

 

Programação e inscrições

Neste link você fica por dentro da programação completa dos Talks. Confira mais informações também sobre os palestrantes da manhã e da tarde de quinta (09).

As inscrições para o evento foram encerradas na última terça-feira (31), devido à lotação máxima. A SP-Arte e a ARTE!Brasileiros agradecem a todos que colaboraram com a divulgação do evento.

#sparte2015