7 exposições para curtir o circuito artístico em setembro

31.08.2018 – 15h22

Setembro tem exposições para todos os gostos. De esculturas a filmes, confira nossa seleção e aproveite a vida cultural na cidade de São Paulo!

 

“Mulheres radicais: arte latino-americana, 1960-1985”, na Pinacoteca

“Mulheres radicais” resgata o trabalho de cerca de 120 artistas mulheres da América Latina, feitos entre 1960 e 1985. A exposição, que já esteve no Hammer Museum, de Los Angeles, e no Brooklyn Museum, em Nova York, é dividida em subtemas: corpo e paisagem, mapeamento do corpo, erotismo, poder das palavras, corpo performático e resistência à dominação, feminismos e lugares sociais, e conta com mais de 280 obras. De 18 de agosto a 19 de novembro de 2018.

 

Berna Reale, na Nara Roesler

Perita criminal, a artista Berna Reale testemunha, em suas obras, a naturalização crescente e exponencial da violência na vida das pessoas. Ela expõe, de 27 de agosto a 27 de outubro, a mostra “Gula”, composta por seis séries fotográficas e uma performance, na Galeria Nara Roesler.

 

Jessica Mein, na Galeria Lume

Sacos de cânhamo e outdoors descascados são destaques da terceira exposição individual de Jessica Mein na Galeria Lume. A mostra é o desdobramento de uma pesquisa desenvolvida pela artista há mais de dez anos sobre a fisicalidade das imagens e a importância dos suportes, superfícies e técnicas. De 25 de agosto até 29 de setembro.

 

O outro trans-atlântico, no Sesc Pinheiros

A exposição coletiva no Sesc Pinheiros celebra a arte na era pós-guerra, quando artistas da Europa Oriental e América Latina compartilhavam um entusiasmo por Arte Cinética e Op Art. De 10 de agosto até 28 de outubro.

 

Melvin Edwards, no MASP

O resgate das histórias afro-atlânticas continuam no Museu de Arte de São Paulo com a individual do americano Melvil Edwards. “Fragmentos linchados” reúne 38 esculturas, metáforas abstratas da violência contra o negro nos Estados Unidos. De 25 de agosto até 11 de novembro.

 

Rochelle Costi, na Luciana Brito

A galeria Luciana Brito recebe a exposição “Reforma”, de Rochelle Costi. A artista capta em fotografias de tamanhos variados detalhes arquitetônicos de diversas regiões do país. De 1º de setembro até 13 de outubro.

 

Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, Fortes D’Aloia e Gabriel

A dupla Bárbara Wagner e Benjamin de Burca exibe, na galeria Fortes D’Aloia e Gabriel, o filme “Rise”, fruto do movimento “Reaching Intelligent Souls Everywhere”. O trabalho investiga o universo musical de jovens que se reúnem semanalmente em um centro comunitário em Toronto, no Canadá, e se utilizam da poesia ou da música para compartilhar histórias e experiências pessoais. De 4 de setembro até 6 de outubro.

 

#respirearte