Voltada para esculturas, grandes instalações e obras em diálogo com a emblemática arquitetura do Pavilhão de Oscar Niemeyer, a exposição do setor transcende os modelos convencionais das feiras. Nesta edição, exibe obras inéditas comissionadas especialmente para a SP-Arte. A curadoria está a cargo de Jacopo Crivelli Visconti, crítico e curador da 12a Bienal de Cuenca, em 2007, e responsável pela participação oficial brasileira na 52a Biennale di Venezia, no mesmo ano.