Balanço
2018


A celebração da fotografia tomou conta de São Paulo! Entre os dias 22 e 26 de agosto, o JK Iguatemi recebeu a 12ª edição da SP-Arte/Foto, a principal feira de fotografia do país. Importantes fotógrafos do Brasil e do mundo, e de diferentes épocas, passaram pelas paredes dos 34 expositores deste ano: Berna Reale, Claudia Andujar, David LaChapelle, German Lorca, Martin Parr, Mauro Restiffe, Mario Cravo Neto, Rosângela Rennó, Robert Mapplethorpe, Sebastião Salgado e Vik Muniz são alguns exemplos, entre tantos outros. O evento contou ainda com uma intensa programação. Visitas guiadas, sete encontros sobre fotografia, lançamentos de livros e exposições do gênero pela cidade rechearam a Semana SP-Arte/Foto, que teve início no sábado anterior, 18 de agosto, com o Circuito Ateliês Abertos.


novidades

Neste ano, oito galerias estrearam na SP-Arte/Foto: Aura, Emmathomas, Fortes D’Aloia & Gabriel, Mapa, OMA Galeria, Gabriel Wickbold Studio and Gallery, Silvia Cintra + Box 4 e VilaNova. O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) também fez sua primeira participação institucional ao trazer o Clube de Colecionadores de Fotografia.

Em 2018, nosso ciclo de palestras sobre fotografia, o Talks, cresceu e contou com sete encontros relevantes sobre o tema. De 23 a 25 de agosto, artistas, curadores e especialistas em imagem passaram pelo Lounge One, no JK Iguatemi. Rodrigo Orrantia, curador independente e historiador da arte especializado em América Latina, Malcolm Daniel, curador do Museu de Fine Arts de Houston e ex-diretor curatorial do MET, em Nova York, e Pierre Bessard, à frente da casa editorial francesa Editions Bessard, foram os convidados internacionais do ano. Do Brasil, os fotojornalistas Evandro Teixeira e Gabriel Chaim, a jornalista Patricia Campos Mello, o cineasta Walter Carvalho, a pesquisadora Fabiana Bruno e os artistas Bob Wolfenson, Claudia Jaguaribe e Jonathas de Andrade também estiveram presentes nas palestras.

Pela primeira vez também, a SP-Arte/Foto contou com um programa de prêmios e bolsas. Em parceria com a SP-Arte, a Kaaysá Art Residency ofereceu o Prêmio de Residência Kaaysá / SP-Arte/Foto, uma estadia de um mês em Boiçucanga, litoral norte de São Paulo, onde o artista poderá desenvolver um projeto autoral com acompanhamento de curadores. Daniel Jablonski, da Galeria Janaina Torres, foi o vencedor. Para comemorar seu aniversário de cinco anos, a OMA Galeria lançou, durante a SP-Arte/Foto/2018, o Edital OMA de curadoria, dedicado a jovens profissionais.

Por fim, apresentamos um ensaio inédito de German Lorca, mestre da fotografia modernista brasileira, nesta edição da Revista SP-Arte – distribuida gratuitamente no evento. As câmeras do fotógrafo voltaram a cinco lugares icônicos registrados por ele entre os anos 1950 e 1970. O curador Eder Chiodetto, autor do texto que acompanha o ensaio na revista, José Henrique Lorca, filho de German, e o próprio fotógrafo foram responsáveis pela escolha dos pontos a serem revisitados. A partir do material, foi possível observar mudanças arquitetônicas e de costumes na Marginal Pinheiros, na Oca (Parque Ibirapuera), em um prédio da Mooca (Zona Leste de São Paulo), na Rua Dr. Falcão Filho e no Largo de São Francisco (ambos no Centro).


Destaques

Patrocinadas pela Vivo, as visitas guiadas gratuitas percorreram os destaques da Feira em quatro itinerários temáticos: Fotografia contemporânea brasileira, Fotografia moderna, documental e fotojornalismo, Fotografia internacional e Fotografia expandida. Curadores e artistas estiveram presentes em roteiros especialmente organizados para convidados.

A edição contou ainda com sessões de assinatura de livros de base fotográfica. Fotô Editorial e Editora e Livraria Madalena se revezaram nos lançamentos, que aconteceram de 23 a 25 de agosto, no Terraço SP-Arte, no segundo andar da Feira. “Geografia dos sonhos”, de Beth Barone, “Como está o início depois do fim?”, de Jordi Burch, “Noites desperdiçadas”, de Vitor Casemiro, “Écume”, de Isidora Gajic, “Copo de luz”, de Marcio Scavone, e “Quase escondido”, de Vane Barini, foram alguns dos títulos lançados.

Novamente, o Circuito Ateliês Abertos integrou a programação da SP-Arte/Foto, mas, desta vez, deu a largada nas atividades do evento ao acontecer no 18 de agosto, sábado anterior à Feira. Com apoio da Stella Artois, os ateliês Fidalga, Fonte e Vão – Espaço independente de arte, todos na Vila Madalena, receberam o público para a exibição de peças em andamento e obras prontas. Muitos dos artistas, como Marcelo Amorim, Simone Moraes, Ivan Padovani, Maria Fernanda Lopes, Ding Musa e Otávio Zani estavam presentes nos espaços, interagindo com os visitantes e explicando seus objetos de estudo e técnicas de trabalho.

 

#respirearte