"Catadora" (2018), José Bento (Foto: Divulgação / Galeria Millan)
Projetos Especiais

A mão do artista protagoniza exposição organizada por Ricardo Sardenberg na 16ª SP-Arte

SP-Arte
11 mar 2020, 17h39

Atenção: A SP–Arte 2020 foi cancelada devido à pandemia de COVID-19. Em breve, confira novidades sobre a 17ª edição do Festival Internacional de Arte de São Paulo.

Acima: "Catadora" (2018), José Bento (Foto: Divulgação / Galeria Millan)

A arte confeccionada pelas mãos é o mote de uma exposição integrante dos Projetos Especiais da 16ª SP-Arte. Organizada pelo curador convidado Ricardo Sardenberg, a mostra “Manufatura” reunirá trabalhos em diferentes linguagens numa espécie de homenagem ao fazer manual. 

“A palavra ‘manufatura’ possui duplo sentido: trata daquilo que é fabricado em série, fala de escala industrial, mas também diz respeito a tudo que é produzido diretamente pelas mãos, de outra ordem simbólica”, afirma o curador. “Se a celebrada era digital supostamente nos levará à emancipação com uma nova organização do trabalho, muitos artistas persistem em técnicas e gestos que somente eles poderiam imprimir, mesmo que seja em um ready-made. A fatura da mão que é a mais-valia destes objetos”.

A curadoria não seguirá nenhum recorte geográfico ou temporal, contemplando artistas de diferentes gerações e pesquisas poéticas. Entre os confirmados estão Clarissa Tossin, José Bento, Alex Cerveny, Moisés Patrício e Artur Barrio. 

Através da exposição “Manufatura”, assim como os demais Projetos Especiais da 16ª edição, a SP-Arte pretende ampliar as oportunidades de participação para as galerias escaladas no Festival, além de oferecer ao visitante uma programação especializada e, ao mesmo tempo, diversificada.

Perfil SP–Arte

Crie seu perfil SP–Arte para receber nossas newsletters, criar suas coleções e ter uma experiência personalizada no nosso site