SP–Arte 2019

Mundano

Brasil, 1986

Sobre

Mundano nasceu em São Paulo, em 1986, onde vive e trabalha. É um ​artivista reconhecido internacionalmente por seu graffiti “paporreto”, seja no espaço público, ou em mais de 320 carroças dos catadores de materiais recicláveis. O grafiteiro e ativista procura questionar conceitos e comportamentos dos cidadãos e das autoridades através de intervenções que carregam em sua maioria frases de impacto inspiradas no contexto local. A preservação do meio ambiente e os direitos humanos universais são a base de seu ativismo que transcende as tintas.

Entre as exposições nacionais e internacionais das quais participou estão as individuais "Carudo", no Espaço Kabul (São Paulo, 2009), e "Vozes mundanas", na Emmathomas Galeria (São Paulo, 2018); e as coletivas "Parangolé no Brasil", no Centro Cultural de Embú das Artes (São Paulo, 2006), e "Festival van de Gelijkheid" (Gehnt, Bélgica, 2017).

Mundano foi recipiente do "Prêmio Brasil Criativo - Artes Visuais" (2014); "Ashoka Fellow" (2016); "Grand Prize Third International Public Art Award" (Hong Kong, 2017); e "Grand Prize Netexplo Digital Innovation Award" (Paris, 2018).

Fonte: Galeria Kogan Amaro.


Galeria

Exposições


Notícias

Perfil SP‑Arte

Assine e fique por dentro dos principais acontecimentos do mundo da arte