Bruno Novaes

Brasil, 1985


Sobre

Bruno Novaes nasceu em São Bernardo do Campo, em 1985, e vive e trabalha em São Caetano do Sul. Sua produção perpassa questões como identidade, memória e afeto. Por meio do desenho, da escrita e da aquarela, predominantemente, se percebe no exercício de mapear, catalogar ou classificar os assuntos que observa.

Entre as exposições nacionais e internacionais das quais participou estão as individuais “Capítulo 1: O corpo mente menos que as palavras”, na OMA Galeria (São Bernardo do Campo, 2018), e “O professor deverá ser o último a se retirar, mesmo nos dias de chuva”, no Paço das Artes (São Paulo, 2019); e as coletivas “72º Salão de Arte Contemporânea de Araras” (Araras, São Paulo, 2013) e “Programa de exposições”, no Museu de Arte de Ribeirão Preto (Marp) (Ribeirão Preto, São Paulo, 2019).

Em 2019, foi residente na Casa líquida, em São Paulo. Bruno Novaes foi recipiente do “Prêmio aquisição” no 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto (Santo André, 2016) e também no 12º Salão de Arte Contemporânea de São Bernardo (São Bernardo, 2019).

Seu trabalho integra importantes coleções institucionais como Museu da Diversidade Sexual do Estado de São Paulo, Fundação das Artes de São Caetano do Sul, Prefeitura Municipal de Santo André e Museu de Arte do Rio (MAR).

Fonte: OÁ Galeria e OMA Galeria.

Exposições

Perfil SP‑Arte

Assine e fique por dentro dos principais acontecimentos do mundo da arte