Luciana Brito Galeria recebe primeira individual do mexicano Bosco Sodi no Brasil

30.03.2017 – 10:05 am

A Luciana Brito Galeria dá início a sua nova temporada de exposições no dia 1º de abril (sábado), com a abertura da primeira individual de Bosco Sodi no Brasil. Voragine ocupa todo o espaço da galeria e destaca trabalhos inéditos do mexicano, que explora a relação entre natureza e cultura.

A palavra que dá titulo à mostra tem origem no latim e significa, em termos gerais, “consumo violento”. Aqui, é usada como metáfora ao modo de vida ocidental, marcado pelo consumismo e exploração desenfreada dos recursos naturais. Em suas variadas expressões – telas, esculturas e instalações –, o trabalho de Sodi propõe reflexões sobre essas características do modo de vida contemporâneo.

Nos nichos de vidro que delimitam os jardins internos da galeria, o artista expõe uma instalação composta por pequenas pedras vulcânicas extraídas do vulcão Ceboruco, no México, banhadas em esmalte cerâmico de ouro – que alude tanto a exploração e destruição que marcaram a historia social desse metal, quanto a sua simbologia de perfeição.

Já as telas são concebidas através de substâncias minerais e pigmentos naturais. Trabalhadas sobre linho, elas apresentam efeitos diferentes dos obtidos em lona, evidenciando reações químicas e texturas diversas.

Voragine integra a programação do Gallery Night, promovido pela SP-Arte, e segue em cartaz na Luciana Brito até 06 de maio. O endereço é Avenida Nove de Julho, 5.162. Saiba mais no site da galeria.