Galeria Millan recebe sua primeira exposição de pinturas de Guilherme Ginane

26 Jan 2017, 11:40 am

A Galeria Millan recebe a partir de 26 de janeiro (quinta-feira) sua primeira individual do pintor Guilherme Ginane. Em Que dia feliz hoje ainda vai ser, ele apresenta dez trabalhos no térreo do espaço.

Com título que faz referência a uma irônica frase da peça Dias Felizes, de Samuel Beckett, o conjunto de obras se divide entre telas e papéis. Nelas, o artista carioca radicado em São Paulo apresenta naturezas-mortas marcadas pela ausência da figura humana – aludida apenas pela presença de cigarros e fósforos.

Em texto crítico para a exposição, o escritor Bernardo Carvalho coloca que “os objetos sobre os tampos das mesas de Guilherme Ginane têm uma existência autônoma e estranhamente inconciliável. Os cigarros, os fósforos, os vasos de flores, os livros etc. se sobrepõem à mesa, que oscila entre fundo e superfície; eles escorrem como tinta pela tela, flutuam sobre a mesa, mais do que descansam nela; disputam com a mesa a prevalência de planos paralelos e perspectivas incompatíveis. Há aí uma luta com a pintura, que tem muito pouco a ver com o repouso.”

Que dia feliz hoje ainda vai ser segue em cartaz até 24 de fevereiro e a Millan está na Rua Fradique Coutinho, números 1360 e 1416. Saiba mais no site da galeria.