Design e inspirações, por Jader Almeida

18 Mar 2016, 8:56 pm

A principal novidade da SP-Arte em 2016 é a primeira edição do setor exclusivo de Design, que vai delinear uma história do mobiliário brasileiro, exibindo desde as primeiras peças criadas no país até produções modernas e contemporâneas.

Ao todo, serão 23 galerias que exibirão mobiliários, luminárias e antiquários. A DPOT, que trabalha há mais de 15 anos somente com designers, artistas e arquitetos brasileiros, é um dos nomes presentes.

Aqui, convidamos Jader Almeida, um dos grandes destaques do elenco da marca, a falar um pouco sobre seu trabalho e a explorar suas inspirações.

Confira!

 


SP-Arte: O que o design representa para você?

Jader Almeida: Há inúmeras descrições, mas algumas apropriadas podem ser: uma forma de expressão, um testemunho material. Em um senso técnico, é a resposta para problemas, melhorias para a vida cotidiana. Mas, também, pode ser uma resposta às necessidades estéticas de um momento. Enfim, definitivamente, pode haver muitas descrições.

SP-Arte: Propomos um desafio: você conseguiria definir seu trabalho em três imagens? Valem inspirações, objetos, criações de outros artistas, mas nada elaborado por você.

JA: Primeiramente, o minimalismo totalmente emocionante de Donald Judd. Depois, a precisão e coerência quase sagrados de John Pawson. E por fim, proporção e detalhes de Paul Smith.

 

A SP-Arte/2016 acontece de 07 a 10 de abril no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera. Saiba mais sobre o setor dedicado ao Design aqui e acompanhe as novidades no Facebook, Twitter e Instagram!

#sparte2016