Vermelho recebe novas mostras individuais de Carmela Gross e Jonathas de Andrade

10 Aug 2016, 9:50 am

A Vermelho apresenta a partir de 11 de agosto (quinta-feira) novas mostras individuais de Carmela Gross e Jonathas de Andrade, além da instalação Controle Remoto, de Gisela Motta e Leandro Lima.

A segunda exposição de Gross na galeria, intitulada Um, Nenhum, Muitos, ocupa suas salas 1 e 2 e se organiza em torno de quatro obras: o painel luminoso Figurantes, a animação em vídeo 13 Passantes, a instalação Darlenes  e a série de desenhos Bando – todas produzidas a partir de 2014.

 

Jonathas de Andrade na Sala Antonio

Por sua vez, Jonathas de Andrade ocupa a Sala Antonio – o cinema da Vermelho – com o curta-metragem O Caseiro, que propõe um diálogo com O Mestre de Apipucos, filme de 1959 de Joaquim Pedro de Andrade.

Do lado de fora, Jonathas exibe a instalação Suar a Camisa, vista pela primeira vez em São Paulo. O artista adquiriu cerca de 120 camisas de trabalhadores ao final de um dia de trabalho em Recife. A montagem das roupas em uma grande fila evoca espera: por trabalho, transporte coletivo, ou ate uma greve.

 

Instalação de Gisela Motta e Leandro Lima

Por fim, na instalação Controle Remoto, de Gisela Motta e Leandro Lima, todos os moradores de um condomínio de casas de passarinho estão com suas televisões ligadas. A obra, no terraço da galeria, faz menção à grande influência da TV no controle da informação e na vida cotidiana.

 

Serviço

Todas as novas mostras ficam em cartaz até 17 de setembro na Vermelho. Anote o endereço: Rua Minas Gerais, 350. Saiba mais no site da galeria.