Vermelho recebe novas mostras individuais de Carmela Gross e Jonathas de Andrade

10 Aug 2016, 9:50 am

A Vermelho apresenta a partir de 11 de agosto (quinta-feira) novas mostras individuais de Carmela Gross e Jonathas de Andrade, além da instalação Controle Remoto, de Gisela Motta e Leandro Lima.

A segunda exposição de Gross na galeria, intitulada Um, Nenhum, Muitos, ocupa suas salas 1 e 2 e se organiza em torno de quatro obras: o painel luminoso Figurantes, a animação em vídeo 13 Passantes, a instalação Darlenes  e a série de desenhos Bando – todas produzidas a partir de 2014.

 

Jonathas de Andrade na Sala Antonio

Por sua vez, Jonathas de Andrade ocupa a Sala Antonio – o cinema da Vermelho – com o curta-metragem O Caseiro, que propõe um diálogo com O Mestre de Apipucos, filme de 1959 de Joaquim Pedro de Andrade.

Do lado de fora, Jonathas exibe a instalação Suar a Camisa, vista pela primeira vez em São Paulo. O artista adquiriu cerca de 120 camisas de trabalhadores ao final de um dia de trabalho em Recife. A montagem das roupas em uma grande fila evoca espera: por trabalho, transporte coletivo, ou ate uma greve.

 

Instalação de Gisela Motta e Leandro Lima

Por fim, na instalação Controle Remoto, de Gisela Motta e Leandro Lima, todos os moradores de um condomínio de casas de passarinho estão com suas televisões ligadas. A obra, no terraço da galeria, faz menção à grande influência da TV no controle da informação e na vida cotidiana.

 

Serviço

Todas as novas mostras ficam em cartaz até 17 de setembro na Vermelho. Anote o endereço: Rua Minas Gerais, 350. Saiba mais no site da galeria.

Perfil SP–Arte

Create your SP–Arte profile to receive our newsletters, create your own collections and have an enhanced experience of our website