Visita de Mera e Don Rubell ao Brasil gera frutos em mostra aberta durante Art Basel Miami

8 Dec 2015, 9:16 pm

A convite da SP-Arte e da Parmigiani Fleurier, o casal de colecionadores Mera e Don Rubell esteve no Brasil em 2015, o que não acontecia havia mais de dez anos.

Pioneiros que descobrem e patrocinam artistas jovens, bairros ainda desconhecidos e novas ideias, os norte-americanos visitaram mais de 25 estúdios de artistas entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais – além, é claro, de terem participado do ciclo de palestras Talks – Arte como valor / Art As a Value, da SP-Arte/2015.

Os primeiros efeitos dessa “imersão brasileira” dos Rubell se fazem sentir na recém-inaugurada mostra No Man’s Land, em cartaz no espaço da Rubell Family Collection, em Miami.

A exposição apresenta e celebra trabalhos de mais de cem mulheres artistas de diferentes gerações e culturas, através de pinturas, fotografias, esculturas e vídeo-instalações da coleção dos Rubell.

Estão em destaque trabalhos de três brasileiras: Sonia Gomes, Solange Pessoa e Marina Rheingantz. Gomes, inclusive, foi destaque nas redes sociais trabalhando em sua instalação para a mostra.

“Esta é minha primeira presença em uma grande coleção norte-americana. Os Rubell me convidaram para fazer uma instalação. Vivi no museu por duas semanas para realizar esse trabalho, que é o primeiro de uma nova série chamada Born in America (Nascido na América)”, declarou a artista ao artnet.

A mostra No Man’s Land fica em cartaz até maio de 2016 em Miami. Saiba mais no site da Rubell Family Collection.

SP‑Arte Profile

Subscribe and stay in touch with the main events in the world of art