Mostra coletiva no Galpão da Fortes D’Aloia & Gabriel explora noções de dualidade

9 Dec 2016, 11:05 am

A Fortes D’Aloia & Gabriel destaca a partir do dia 10 de dezembro (sábado), em seu Galpão na Barra Funda, a coletiva Hallstatt. As obras de artistas brasileiros e estrangeiros partem da noção de dualidade e propõem reflexões sobre o significado da repetição de signos, imagens e formas no contemporâneo.

Em suas práticas, os 13 nomes reunidos lidam com o duplo por meio de diferentes estratégias, formais ou filosóficas. A seleção contempla jovens e pouco conhecidos artistas de fora do Brasil, como a norte-americana Amie Siegel e o alemão Daniel Sinsel, além de brasileiros como Mauro Restiffe, Alexandre da Cunha e Manoela Medeiros.

Além deles, também ganham destaque Tamara Henderson, Tobias Hoffknecht, Iman Issa, Oliver Laric, Candice Lin, Nuno Ramos, Joshua Sex e Caragh Thuring. A curadoria é dividida entre Maria do Carmo M. P. de Pontes e Kiki Mazzucchelli.

Hallstatt segue no Galpão da Fortes D’Aloia & Gabriel até 10 de fevereiro. O endereço é Rua James Holland, 71, Barra Funda. Saiba mais no site da galeria.

Perfil SP–Arte

Create your SP–Arte profile to receive our newsletters, create your own collections and have an enhanced experience of our website