Mostra coletiva na Galeria Mezanino debate diferentes aspectos da brasilidade

17 Mar 2017, 10:20 am

A Galeria Mezanino abre no dia 18 de março (sábado) sua primeira coletiva de 2017: Tristes Trópicos. Com curadoria de Daniela Bousso e Renato De Cara, a mostra reúne artistas representados pela galeria, convidados, coletivos e obras de acervos particulares.

“Da arte plumária ao Instagram”, a mostra procura salientar diálogos provocados entre bienais, instituições e os povos brasileiros, apresentando obras em variados suportes: pinturas, gravuras, esculturas, fotografias, vídeos, performances, objetos, design, literatura, bordados e bandeiras. Imaginários festivos, vivências extremas e ativismo como poética são alguns dos temas explorados.

O elenco de participantes é extenso e inclui nomes como Ariel Spadari, Danielle Noronha, Emidio Contente, Daniel Malva, Giselle Beiguelman, Luanna Jimenes e Ulysses Bôscolo, representados pela Mezanino. Além deles, marcam presença convidados como Allan Sieber, Daniel Lima, Felipe Cidade, Julio de Paula, Martin Lanezan e os coletivos A Televisão Não Será Televiosinada e Frente 3 de Fevereiro. Confira todos os artistas aqui.

Tristes Trópicos fica em cartaz até o dia 29 de abril e, na ocasião da abertura, a galeria recebe uma visita guiada com os curadores e artistas. O endereço é Rua Cunha Gago, 208. Saiba mais no site da Mezanino.

Perfil SP–Arte

Create your SP–Arte profile to receive our newsletters, create your own collections and have an enhanced experience of our website