SP-Arte 2020

Claudia Hamerski

“O lugar costuma ser o centro”, 2019

Desenho sobre papel

160 x 152 x 6 cm

© Galeria de Arte Mamute
Sobre a Obra

Claudia dedica sua pesquisa poética à resiliência de pequenas plantinhas que sobrevivem ao concreto das grandes cidades e passam despercebidas na vida urbana. Hamerski apresenta estes seres vivos em desenhos de grande escala, preto e branco ou coloridos, realçando a beleza do ser na luta pela vida - potência, resistência e resiliência que as pequenas vegetações são capazes de suscitar. 

Desenho de lápis crayon, grafite e carvão sobra papel Montval 300g.


Mais obras do artista

Mais obras da galeria

Mais artistas da galeria

Perfil SP‑Arte

Assine e fique por dentro dos principais acontecimentos do mundo da arte