Sobre

Transitando entre o gráfico e o pictórico, o trabalho de Ana Júlia Vilela (Belo Horizonte, 1996) reelabora a linguagem instantânea das redes sociais em uma iconografia própria, repleta de formas fluidas e narrativas não lineares. O texto é elemento recorrente em suas pinturas, desenhos e gravuras, configurando crônicas do cotidiano que mesclam humor, cultura pop e autoficção.

Perfil SP–Arte

Crie seu perfil SP–Arte para receber nossas newsletters, criar suas coleções e ter uma experiência personalizada no nosso site