Vermelho recebe nova individual de Fabio Morais e filme de Tania Candiani

19 jan 2017, 11h05

A Vermelho apresenta no dia 24 de janeiro (terça-feira) sua primeira exposição de 2016: Escritexpográfica, de Fabio Morais. Na mesma ocasião, também estreia na galeria o filme Pausa, de Tania Candiani.

Em sua sexta individual no espaço, Morais destaca trabalhos que dão continuidade a sua pesquisa sobre a escrita não apenas como exercício de construção de narrativas, mas também como apropriação e recontextualização de imagens e textos. São articulações gráficas do escrever, que adicionam à palavra condição de imagem e criam novos significados – que podem instigar olhares à situação política brasileira e global.

 

Tania Candiani na Sala Antonio

Por sua vez, a mexicana Tania Candiani ocupa a Sala Antonio – o cinema da Vermelho – com o filme Pausa, de 2012, sobre o trabalho de escribas de encomenda.

No México, embora esteja desaparecendo, esse métier continua ativo. No longa, autores contam oralmente uma história a um escriba, que as transforma em escrita. Através do percurso desde a boca do autor até as teclas da máquina de escrever e, finalmente, a tradução pelo escriba, o longa propõe reflexões sobre interpretação.

 

Serviço

Escritexpográfica e Pausa seguem em cartaz até 25 de fevereiro. Anote o endereço: Rua Minas Gerais, 350. Saiba mais no site da Vermelho.