Thomas Cohn inaugura primeira galeria de joias de arte do Brasil

19 set 2014, 0h02

O galerista Thomas Cohn, cuja experiência no mercado de arte é de mais de trinta anos, inaugura nesta quinta-feira a primeira galeria de joias de arte no Brasil.

Referência no cenário das artes visuais, Cohn reunirá em seu espaço obras únicas ou edições especiais assinadas por nomes contemporâneos internacionais.

Além de exposições, a galeria vai organizar programas educativos compostos de palestras e workshops com convidados do universo da joalheria de arte no exterior.

A primeira exposição realizada na galeria é a “Colares Contemporâneos”, que reúne peças produzidas por trinta artistas de doze países como Alemanha, Holanda, Suécia, Noruega, Estônia, Taiwan e Coréia do Sul.

A joia de arte não é valorizada pelo material com a qual é fabricada, mas sim pela qualidade artística de sua concepção. Picasso, Man Ray, Salvador Dalí e Magritte são alguns dos ícones que já desenvolveram peças do gênero.

A mostra “Colares Contemporâneos” segue em cartaz até 11 de outubro. Mais informações no site da galeria.