15º edição da SP-Arte conta com a presença dos mais influentes no mundo das artes

19.12.2018 – 10h23

Presença garantida na 15ª edição da SP-Arte, que ocorre de 3 a 7 de abril de 2019, o galerista alemão David Zwirner figura como a personalidade mais influente no mundo das artes segundo a revista londrina ArtReview. Em novembro, a publicação divulgou a lista Power 100, reunindo os mais influentes galeristas, artistas, críticos e diretores de importantes instituições culturais espalhadas pelo globo.

Já habitué da SP-Arte, esta será a sétima edição na qual a galeria com espaços em Nova York, Londres e Hong Kong participa. David Zwirner foi responsável por apresentar ao público brasileiro trabalhos de grandes nomes da arte contemporânea internacional. Neste ano, por exemplo, trouxe obras da sueca Mamma Andersson – artista convidada para curar uma das exposições da 33ª Bienal de São Paulo – e de Josef Albers, artista de origem alemã, que recentemente teve sua obra celebrada por “Josef Albers in México”, exposição realizada no Guggenheim Museum, de Nova York. Sucesso de crítica, a mostra seguiu para outro museu da mesma Fundação, a Coleção Peggy Guggenheim, em Veneza.

Entre as galerias já confirmadas para a 15ª edição da Feira, estão também Neugerriemschneider (Berlim), Lisson (Londres), Galeria Luisa Strina (São Paulo) e Mendes Wood DM (São Paulo) – cujos representantes integram igualmente a aclamada lista da revista londrina.

Atualmente em cartaz na Oca, o artista Ai Weiwei, que ocupa a quinta posição da lista Power 100, teve um dos trabalhos que integram a mostra “Raiz” exibidos previamente na Feira, em abril deste ano. Na ocasião, uma versão menor de “Forever Bicycles” (2013), escultura de bicicletas em aço, foi apresentada pela alemã Neugerriemschneider. Da mesma galeria, o dinamarquês Olafur Eliasson também já marcou presença no Brasil com trabalhos de sua autoria. Em 2019, o artista realiza uma exposição imersiva na Tate Modern, de Londres.

A Lisson Gallery representa outros nomes de destaque desta cena internacional, a exemplo do irlandês Gerard Byrne e da sérvia Marina Abramovic.

Também está na lista da ArtReview, Aaron Cezar, patrono e diretor da Delfina Foundation. Com sede em Londres, a instituição parceira da SP-Arte oferece há seis edições consecutivas bolsas de residência a artistas brasileiros e renova sua parceria com o evento em sua próxima edição. A ganhadora de 2018 foi a artista Laura Belém.

 

Confira a lista completa de galerias de arte já confirmadas na 15ª edição da SP-Arte.

 

#sparte2019

#respirearte