Picks 365: Julia Porchat e Felipe Melo

27 jun 2019, 16h06

SP-Arte 365 é uma plataforma que conecta as galerias e os interessados em arte e design. Tal como uma vitrine digital, o usuário pode navegar pelas páginas dos artistas e obras favoritas e abrir um chat com a galeria para solicitar mais informações.

Julia PorchatFelipe Melo, fundadores da Art Ahead Advisory, participam do Picks 365 com comentários sobre suas cinco obras favoritas disponíveis em nosso site. Confira!


SP-ARTE 2019

Sem título, 2019
Jessica Mein

Linha de algodão, tinta, pregos e compensado de madeira
21 x 21 x 3 cm

“Jessica Mein é uma jovem artista que transita entre as vibrantes cenas de São Paulo e Buenos Aires. Em seu trabalho, a artista cria subvenções aos suportes mais tradicionais, buscando revelar espectros espaciais diferentes, que se traduzem em imagens que investigam processos como a produção massiva de materiais impressos para fins comerciais. O resultado é harmônico e muito questionador.”


SP-ARTE 2019

“Visãocaminho”, 2018
Frederico Filippi

Óleo sobre tela
138 x 108 cm

“Frederico Filippi se conecta muito com as perspectivas sociais e políticas do Brasil e da América Latina fazendo um trabalho que permeia o atrito. Seu trabalho observa essa fricção entre conflito e harmonia, com aspectos muito provocativos.”



“A artista francesa Laure Prouvost usa os significados incluídos nos mais diversos símbolos e ícones para fazer questionamentos emocionalmente engajados, muitas vezes irônicos ou bem humorados de momentos sociais. Essa obra tem essa característica bem estabelecida. Prouvost é uma artista em grande evidência e foi responsável pelo celebrado pavilhão Francês na Bienal de Veneza de 2019.”


SP-ARTE 2019

“Pintura de parede”, 2018
Thiago Honório

Lixas gastas utilizadas na pintura das paredes da residência do artista no período da realização de residência artística
Dimensões variadas

“Thiago Honório faz investigações sobre materialidade e espaço, mas dissocia sua criação de temas fixos. Essa pintura remete às práticas mais usuais, à finalidade mais óbvia e certeira da tinta como acabamento, criando nesse processo uma incrível deturpação conceitual. Thiago faz parte de importantes coleções e recentemente mostrou seu trabalho no ‘Living Room’ do International Studio & Curatorial Program (ISCP) em NY.”



“Erika Verzutti desenvolve sua carreira em cima de complexas práticas escultóricas que utilizam materiais que vão do papier-mâché ao bronze, passando pela pintura e fotografia. A artista apresentou uma retrospectiva de seus trabalhos no importante Centre Pompidou, em Paris, este ano.”


Artistas Relacionados