Mostra na Galeria Almeida e Dale destaca o modernismo de Candido Portinari

12 jun 2015, 20h24

A Galeria Almeida e Dale abre na quinta-feira (18) a exposição “Portinari e a poética da modernidade brasileira”, com curadoria de Denise Mattar.

A mostra destaca cerca de 35 trabalhos do pintor correspondentes ao período de 1931, quando ocorre o Salão Revolucionário, a 1944, ano da Exposição de Arte Moderna em Belo Horizonte, ambos grandes marcos do modernismo.

A individual apresenta obras de algumas das principais coleções particulares e instituições do Brasil, raramente reunidas, como “Flora e Fauna Brasileira”, de 1934; “O Violinista”, de 1931; e “As Moças de Arcozelo”, de 1940, obra que ilustrou a capa do catálogo de “Portinari of Brazil”, mostra realizada no MoMA – Museum of Modern Art novaiorquino no mesmo ano.

“Portinari e a poética da modernidade brasileira” fica em cartaz até 15 de agosto. Na ocasião da abertura, haverá uma visita pelo espaço da Almeida e Dale guiada pela curadora. O endereço é Rua Caconde, 152, Jardim Paulista. Saiba mais no site.