Mayana Redin encerra residência na FLORA ars+natura e apresenta nova série de objetos

16 dez 2015, 16h30

Neste mês de dezembro, a artista Mayana Redin contemplada pela Bolsa ICCo/SP-Arte em 2015 – apresentou uma exposição com trabalhos desenvolvidos durante sua residência artística na FLORA ars+natura, em Honda, Tolima, na Colômbia.

Redin encerrou o processo com uma palestra e a apresentação de uma nove série na entrada do espaço.

“A Residência aconteceu em dois tempos, uma parte em Honda e outra em Bogotá. Desde o princípio imaginei usar o tempo para experimentar materiais, objetos e a própria cidade, esperando que algo surgisse da união entre os interesses prévios, que já me acompanhavam, e as coisas novas que esses lugares me apresentassem”, conta.

“Inicialmente interessada em materiais da modelagem, comecei a trabalhar com gesso, cimento, argila, pensando em trabalhos tridimensionais. Aos poucos os elementos da cidade foram criando um léxico formal que serviram de fonte para criação dos objetos, os quais produzi em Honda de maneira muito experimental, e que depois puderam ser desenvolvidos e planejados no encerramento da residência em Bogotá. Da criação de objetos que transitam entre a imagem ancestral e imagem futurista, na transição entre o objeto encontrado e o produzido, uma série de diversos objetos formaram uma coleção de corpos diferenciados. Dessa mesma experimentação, foi finalizado a série de trabalho Cosmic Records, que se configurou como dezenas de peças de argila e papel e uma publicação de tiragem de 200 exemplares”.

Além de Redin, Pedro Motta também mostrou recentemente os resultados de sua residência na Colômbia. Saiba mais sobre a instituição aqui.