Masp destaca olhar de Agostinho Batista de Freitas para cenas urbanas de São Paulo

16 dez 2016, 11h45

Está em cartaz no Masp – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand a exposição Agostinho Batista de Freitas, São Paulo, que reúne 74 trabalhos do pintor paulista, dos anos 1950 aos 90.

Ganham destaque representações da cidade, especialmente vistas urbanas, assunto do qual Batista de Freitas (1927-97), pintor autodidata e eletricista de profissão, tratou durante todo o seu percurso na arte.

A relação do artista com São Paulo se mostra em diferentes agrupamentos de obras, que vão desde a representação do Masp até vistas aéreas do centro da capital paulista, passando por cenas do cotidiano na Zona Norte, viagens, festas e manifestações religiosas.

Durante suas pesquisas, os curadores Fernando Oliva e Rodrigo Moura localizaram mais de 300 trabalhos em cerca de 50 coleções e acervos diferentes, além de documentos, fotografias e croquis – todos reproduzidos no catálogo da individual.

Agostinho Batista de Freitas, São Paulo pode ser vista até 09 de abril de 2017 no segundo subsolo do Masp. O endereço é Avenida Paulista, 1578. Mais informações no site.