Instalação liga São Paulo a Pequim durante a Beijing Design Week

26 set 2014, 18h02

E se você pudesse “tocar” uma pessoa que está na China sem sair de São Paulo? Essa é a sensação proposta pela instalação “Place to Departure”, um projeto dos designers Edson Pavoni, João Souza, Pagu Senna, Raphael Fagundes, Felipe Minutti, Victor Gama e do engenheiro Diego Spinola.

A obra faz parte da ocupação promovida pela galeria Emma Thomas em parceria com o Coletivo Amor de Madre e acontece em paralelo à feira Beijing Design Week, que começou nesta sexta-feira.

O trabalho, uma analogia a uma janela interativa, permite que uma pessoa sinta o toque da outra mesmo estando a milhares de milhas de distância. Trata-se de um sistema invisível que reproduz uma experiência tátil – no Brasil e na China.

A ideia da instalação é justamente transpor barreiras geográficas. “Esse tipo de trabalho apresentado como obra de arte é também uma forma de melhorar a vida e tornar imperceptível a distância”, explica Olivia Yassudo, curadora da ocupação.

O evento, cuja programação inclui trabalhos nas áreas de design, arte, tecnologia e arquitetura, segue em cartaz até o dia 1º de novembro no Coletivo Amor de Madre. Mais informações no site da casa