IMS do Rio apresenta fotografias inéditas e pouco vistas de Claudia Andujar

14 jul 2015, 16h35

O Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro (IMS-RJ) abre no dia 25 de julho, sábado, a exposição “Claudia Andujar: no lugar do outro”, que lança nova luz sobre a carreira da fotógrafa de origem húngara.

A artista chegou ao Brasil em 1955, e a mostra apresenta um panorama de sua produção anterior ao envolvimento com os índios Yanomami, de seus primeiros anos aqui. O material abrange reportagens fotográficas e ensaios pessoais, incluindo desde registros documentais em preto e branco dos primeiros anos até a intensa exploração gráfica do final dos anos 1960, momento em que Andujar experimenta com a fotografia colorida.

Durante muito tempo, a artista não deu muita atenção a esses trabalhos, entre eles fotos para a revista Realidade. No entanto, já indicavam os caminhos que ela tomaria e esclarecem um pouco quem ela se tornou. Boa parte do que será exposto é inédito.

“Claudia Andujar: no lugar do outro” fica em cartaz até 25 de novembro e o IMS está na Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, Rio de Janeiro. Saiba mais no site da instituição.