Galeria Vermelho destaca pesquisas de Odires Mlászho e coletiva de fotografia

18 nov 2015, 13h29

A partir da próxima terça-feira (24), a Galeria Vermelho apresenta duas novas exposições: “Arquibabas: Babas Geométricas”, de Odires Mlászho, e a coletiva “Fotos contam Fatos”, com curadoria de Denise Gadelha.

Com sua nova individual, Mlászho completa uma trilogia formada por suas últimas exposições na galeria (“Sopa Nômade”, de 2010, e “Zero Substantivo”, de 2013). O conjunto articula a pesquisa do artista acerca da dimensão gráfica da palavra escrita enquanto imagem.

A série que dá título à mostra destaca procedimentos em capas de livros. São intervenções feitas com facas gráficas, esfoliações e sublimações, que não deixam pistas sobre o conteúdo que poderia estar abrigado pelas capas. As babas poderiam ser lidas como lábia, ardil, ou como palavrório imbuído de astúcia e artifícios.

 

Fotografia e narrativa

Por sua vez, “Fotos contam Fatos” exibe um conjunto de obras marcadas pela presença da fotografia como instrumento narrativo.

Curada por Denise Gadelha, a mostra propõe uma interlocução estabelecida a partir da pesquisa contemplada no XIII Premio Marc Ferrez de Fotografia, da Funarte, que possibilitou o contato com diferentes aspectos das redes de produção e circulação artística em dez cidades, de norte a sul do país.

 

Serviço

Tanto “Arquibabas: Babas Geométricas” quanto “Fotos contam Fatos” ficam em cartaz de 24 de novembro a 23 de dezembro de 2015 e de 11 a 16 de janeiro de 2016. O endereço da Vermelho é Rua Minas Gerais, 350. Mais informações no site da galeria.