Galeria Pilar encerra o ano com mostras de Maurício Adinolfi e Chico Togni

10 dez 2014, 21h08

A Galeria Pilar encerra 2014 com duas exposições simultâneas, dos artistas Maurício Adinolfi e Chico Togni, que têm abertura nesta quinta-feira (11).

“Mangue”, a nova exposição de Adinolfi, apresenta seis pinturas realizadas em três anos de trabalho – obedecendo a um tempo específico de secagem e sobreposições. São pinturas monocromáticas em prata, de camadas densas e grandes formatos, com uma estrutura de metal acoplada que dá à obra um caráter industrial. Por meio de um jogo entre fosco e brilhante, Adinolfi produz luz e sombra.

Essas novas pinturas guardam relação com intervenções que o artista realizou em regiões litorâneas. Reúnem um estudo da flora nativa dos mangues e serras tropicais e apresentam o resíduo das transformações causadas pela ação humana. São pinturas construídas em camadas e velaturas sobre óleo, pigmento prata, laca e verniz.

Já os trabalhos presentes na exposição “O Avião não dá Marcha Ré”, de Togni, são construções em papelão, massa de papelão e cola, materiais encontrados, tinta, sucata, lixo e poliuretano expandido. Algumas vezes são todos pintados ou mais regulares, outras são experimentações com a massa de papelão e lixo, em estranha combinação de materiais que se agregam em um objeto sólido.

As duas mostras ficam em cartaz até 13 de fevereiro de 2015 na Galeria Pilar (Rua Barão de Tatuí, 389, Santa Cecília). O espaço fica fechado entre 23/12/2014 e 12/01/2015. Para mais informações, visite o site da Pilar.