Galeria Millan inaugura mostra de Niura Bellavinha que explora materiais líticos de Minas Gerais

22 fev 2016, 12h19

A Galeria Millan abre na próxima quinta-feira (25) a individual “iTa LíTica Barroca”, da pintora mineira Niura Bellavinha.

O eixo central da exposição é o média-metragem “NháNhá”, escrito e dirigido pela própria artista em parceria com Alberto Saraiva, curador da mostra.

Rodado em cidades de Minas Gerais desocupadas pela atuação agressiva de mineradoras, com suas paisagens quase desérticas atravessadas pela poeira densa, o filme retrata o processo de produção das pinturas da artista. Seu título, “NháNhá”, era um apelido utilizado pelas mucamas, e aqui remete à avó de Bellavinha.

A mostra também traz um conjunto de trabalhos realizados com materiais da região mineira, como a pedra sabão. Outros materiais líticos também estão presentes, como a poeira e os meteoritos.

A artista estabelece uma conexão com itens usados pelos artistas do Barroco e propõe uma revisitação do estilo.

“iTa LíTica Barroca” segue em cartaz até 19 de março e o endereço da Millan é Rua Fradique Coutinho, 1360. Saiba mais no site do espaço.