Galeria Luisa Strina abre individuais de Marcius Galan e Beto Shwafaty

2 out 2015, 13h43

A Galeria Luisa Strina inaugura nesta quarta-feira (07) duas novas mostras, dos artistas Marcius Galan e Beto Shwafaty.

Em “Planta / Corte”, sua quarta individual no espaço, Galan fragmenta elementos como linhas, cantos e intervalos em uma escala próxima à real, em que a espessura das linhas coincide com a das paredes da galeria.

Exercícios geométricos, de transposição de escalas e o diálogo entre diferentes disciplinas são recorrentes em seu trabalho. A linha pode ser um simples desenho no papel, assim como se impor como barreira física, impossibilitando a livre movimentação. Nesse sentido, ao desmembrar essas plantas em pequenos fragmentos, há uma situação entre organização e desordem.

Por sua vez, em sua primeira exposição, Beto Shwafaty reúne obras que exploram efeitos de acontecimentos que cercaram os ciclos de exploração do petróleo no Brasil durante o último século.

Neste ano, o artista foi selecionado pela Bolsa ICCo/SP-Arte e fará, a partir da próxima semana, uma residência na Residency Unlimited (RU), de Nova York.

Tanto Marcius Galan quanto Beto Shwafaty ficam em cartaz até 14 de novembro. A Galeria Luisa Strina está na Rua Padre João Manuel, 755, Cerqueira César. Mais informações no site.