Galeria Leme abre individuais de Jessica Mein e Eugenio Espinoza

20 mar 2015, 18h23

A Galeria Leme abre no próximo sábado (28) duas novas exposições individuais em seu espaço.

“Tramas” é a segunda mostra de Jessica Mein na galeria, na qual a artista apresenta obras de parede e estruturas espaciais. Ela aprofunda sua pesquisa sobre a espacialidade de imagens e trabalha hierarquias entre elas e o suporte que as sustenta, superfície e estrutura.

A obra de Mein incide sobre os materiais visuais cada vez mais obsoletos de São Paulo e Dubai, que estão sendo substituídos por alternativas de alta tecnologia. Seu fascínio por elementos quase extintos – como estruturas e papéis de outdoors da capital paulista, por exemplo – tem raízes estudos sobre os sistemas de produção e difusão de imagens nas cidades. Em contraste à facilidade e rapidez como as imagens circulam hoje em dia, as intervenções da artista são trabalhosas, lentas e complexas.

 

Eugenio Espinoza tem sua primeira mostra individual na Leme

Eugenio Espinoza, em sua primeira exposição individual na Leme, apresenta dois corpos distintos de obras de seu extenso catálogo.

O primeiro é um grupo de fotos tiradas pelo próprio Espinoza durante sua mostra na Conkright Gallery, em Nova York, em 1973. Nessa ocasião, rolos de tecido com uma grelha preta impressa sobre eles estavam acessíveis ao público, que era convidado a cortar pedaços e usá-los como quisesse enquanto o artista fotografava.

O segundo corpo é composto por um grupo de colagens feitas em 2003. Em algumas, Espinoza usa fotocópias de imagens tiradas do catálogo de sua primeira exposição no Museo de Bellas Artes, em Caracas, em 1972. Usando as imagens das pinturas e suas formas geométricas como pano de fundo, ele intervém com novos planos de formas quase orgânicas.

Jessica Mein e Eugenio Espinoza ficam em cartaz até 25 de abril, e a Galeria Leme está na Avenida Valdemar Ferreira, 130. Para mais informações, consulte o site do espaço.