Galeria Fortes Vilaça abre mostra individual de Damián Ortega

31 jul 2015, 18h37

A Galeria Fortes Vilaça apresenta a partir da próxima terça-feira (04) a mostra “Paisagem”, nova individual de Damián Ortega.

O mexicano emprega o isopor em dois novos trabalhos de grande escala. As instalações são um desenvolvimento do seu recente trabalho junto de escultores do carnaval carioca, no MAM do Rio de Janeiro.

De um lado, o material de caráter efêmero se solidifica numa alusão à arquitetura modernista de São Paulo. De outro, ele se transforma numa paisagem abstrata onde sobras e desperdício desempenham papel central e revelam a ênfase dada ao processo.

Na obra “Abertura”, instalada no alto do saguão da galeria, Ortega recria em isopor e gesso uma secção do teto do terraço do Edifício Bretagne. Os característicos círculos vazados do seu teto, que no prédio modernista permitem a passagem de luz e chuva, ecoam o desejo do artista de criar canais que conectem interior e exterior, como se sua obra fosse um exercício de abrir janelas.

Essa relação é explorada também em“Paisagem”, a instalação que dá nome à mostra. Ortega furou um cubo de isopor de 2,5m a partir de seu centro, deixando que todo o pó do material se espalhasse pelo térreo da galeria. A “casca” do cubo permanece no espaço e age como a memória de sua forma, agora fragmentada em inúmeras partículas. O artista enfatiza a experiência e o processo, evocando o interminável ciclo de transformação da matéria.

“Paisagem” fica em cartaz até 29 de agosto na Fortes Vilaça: Rua Fradique Coutinho, 1500. Mais informações no site.