Galeria Estação destaca esculturas em madeira do cearense Nino

11 mar 2016, 12h03

A Galeria Estação abre na próxima terça-feira (15) sua primeira mostra de 2016, dedicada ao cearense João Cosmo Felix (1920-2002), o Nino. Na mesma ocasião, será lançado o documentário “Nino”, dirigido por André Parente – que também assina a curadoria da exposição.

A individual reúne 20 trabalhos, produzidos entre 1980 e 1990, do artista que viveu de forma muito precária, mas cuja obra hoje é reconhecida mesmo fora do Brasil.

Utilizando poucas ferramentas (facão, machadinha e, por vezes, formão e goiva), as formas esculpidas são simples. Há peças que ganham figura única – homem ou animal – e outras que trazem uma narrativa, sempre com o uso de cores vibrantes e pouca intervenção no entalhe.

“Geralmente não tem nada a ver com o universo religioso e mítico, trata-se, no mais das vezes, de homens e animais, que, à exceção do elefante, são parte do universo nordestino”, aponta o curador.

A mostra fica em cartaz na Estação até 30 de abril. O endereço: Rua Ferreira de Araújo, 625, Pinheiros. Saiba mais no site do espaço.