Coletiva Taipa-Tapume investiga desenvolvimento urbano da cidade de SP

25 set 2014, 18h47

Tomás Toledo, que participou da 2ª edição do Lab Curatorial, projeto da SP-Arte que fomenta a carreira de jovens curadores, é quem organiza a exposição coletiva “Taipa-Tapume”, que acontece até 4 de outubro na Galeria Leme.

Participam da mostra os artistas Alexandre Brandão, Ana Mazzei, Beto Shwafaty, Bruno Baptistelli, Fábio Tremonte, Francesco Di Tillo, Héctor Zamora, Jaime Lauriano, Lais Myrrha, Pablo Accinelli, Sandra Gamarra e Sandra Nakamura.

“Taipa-Tapume” investiga o processo de desenvolvimento urbano da cidade de São Paulo por meio da história do prédio da Galeria Leme, um projeto de Paulo Mendes da Rocha, que foi construído, demolido e reconstruído em outro terreno.

A exposição, que lida com a memória, explora as transformações da região, que deixou de ser uma vila colonial, repleta de casas de taipa, para virar uma cidade cafeeira, um polo industrial, um centro comercial e, finalmente, o coração financeiro do país.

Os trabalhos criam um campo crítico que confronta os processos de formação da paisagem urbana com a elaboração de narrativas históricas e ficcionais sobre a cidade de São Paulo. Vale a visita.

Mais informações no site da Galeria Leme.