Coletiva na Carbono Galeria explora diferentes olhares sobre países latino-americanos

11 mar 2016, 16h05

A Carbono Galeria abre em 15 de março (terça-feira) a exposição coletiva Lembre-se de lembrar. Nela, a curadora chilena Alexia Tala seleciona artistas que nasceram ou vivem na América Latina e apresentam suas visões políticas, religiosas, estéticas e econômicas sobre diferentes suportes: vídeo, pintura, colagem, fotografia e escultura.

Os dez artistas apresentados trabalham com a mesma premissa de reinstalar a história de seus países, buscando referências e informações através da memória.

O resgate de informações pode ser visto como uma releitura do passado – de caráter incompleto e ficcional – e, consequentemente, uma análise do presente.

Estão em destaque trabalhos de Alberto Baraya (Colômbia), Alfredo Jaar (Chile), Carlos Garaicoa (Cuba), Carlos Motta (Colômbia), Enrique Ramirez (Chile), Glenda Leon (Cuba), Karlo Andrei Ibarra (Porto Rico), Lotty Rosenfeld (Chile), Melanie Smith (Inglaterra) e Sandra Gamarra (Peru).

Lembre-se de lembrar permanece até 28 de maio na Carbono. O endereço é Rua Joaquim Antunes, 59, Jardim Paulistano. Mais informações no site da galeria.