Casa Triângulo inaugura novo espaço nos Jardins com individual de Sandra Cinto

1 mar 2016, 14h58

A Casa Triângulo apresenta, a partir deste sábado (05), “Acaso e Necessidade”, individual de Sandra Cinto que inaugura o novo espaço da galeria, agora nos Jardins.

A artista apresenta uma nova série de trabalhos, fruto de um período de 60 dias no Japão, onde aprofundou sua pesquisa sobre a arte oriental e sua influência no Ocidente.

A instalação, composta por duas telas panorâmicas e uma escultura em grande escala, foi pensada especialmente para dialogar com a arquitetura. Na sala anexa, são apresentados os desenhos produzidos no Japão que deram origem à série.

A água, elemento recorrente na obra de Cinto, surge em telas monumentais como metáfora de naufrágios da sociedade contemporânea e como elemento simbólico de renovação, transformação e movimento.

A escultura no centro da sala é a peça fundamental na concepção da mostra: uma ponte, símbolo de transitoriedade, tem em suas extremidades objetos que sugerem reflexão sobre a infância, idade adulta e o envelhecer.

“Acaso e Necessidade” fica em cartaz até 02 de abril e o novo endereço da Casa Triângulo é Rua Estados Unidos, 1324. Saiba mais no site da galeria.