A Gentil Carioca recebe sua primeira individual de Paulo Paes

3 jun 2015, 15h41

A galeria A Gentil Carioca, no centro do Rio de Janeiro, abre neste sábado (06) “Djanir”, primeira exposição individual de Paulo Paes no espaço.

O título da exposição vem do nome de uma das esculturas exibidas. Djanir, “sereia cyborg”, como Paes a intitula, é uma fisália colonizada.

Physalia Physalis é um ser marinho, ou colônia de seres, pólipos, cujo nome popular é caravela. “Fisália” também é o nome que o artista dá a suas esculturas subaquáticas. Podem ser fisálias colonizadas, ou seja, esculturas que imersas no mar foram colonizadas por organismos marinhos, como a própria Djanir, ou fisálias virgens, esculturas prontas a entrar no mar.

O trabalho do artista gira em torno dos processos de adaptação da vida a novos ambientes e condições.

“Djanir” fica em cartaz até 04 de julho. O endereço da Gentil Carioca é Rua Gonçalves Ledo, 11 e 17, sobrado, Centro do Rio. Mais informações no site.