10 filmes com personagens e temas das artes visuais em cartaz na Mostra de São Paulo

20.10.2017 – 17h56

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo chegou a sua 41º edição com quase 400 filmes que se espalham por mais de 40 salas de cinema! O cartaz deste ano é marcado por um trabalho do artista chinês Ai Weiwei, que também lança um filme no evento. A programação acontece de 19 de outubro a 1º de novembro.

Listamos algumas produções que envolvem temas ou personagens das artes visuais e da fotografia. Confira!

 


DOCUMENTÁRIO

(1) Human Flow – Não existe lar se não há para onde ir

Além de responsável pelo cartaz da mostra, o chinês Ai Weiwei é o diretor de um dos filmes mais esperados da temporada. Gravado ao longo de um ano em 23 países, o documentário mostra a precária situação de refugiados pelo mundo. A fotografia é de tirar o fôlego.

(2) Ai Weiwei: Sem perdão

Além do filme dirigido e produzido por Ai Weiwei, a Mostra exibe também um documentário a respeito da atuação política do artista na China, seu país de origem. O filme mostra como o posicionamento de Weiwei diante do governo chinês faz com que ele sofra sérias consequências.

(3) Henfil

A vida de Henrique de Souza Filho (1944-1988), conhecido como Henfil, é narrada neste documentário que mostra a multiplicidade de talentos e personalidades que coexistiam em um dos maiores cartunistas do Brasil.

(4) El vendedor de orquídeas

Aos 80 anos, o pintor venezuelano Oswaldo Vigas percorre espaços de sua juventude em busca de um quadro perdido. Ele e a mulher procuram a obra que completaria uma exposição sobre os primeiros anos de sua carreira. Nesse processo, o documentário relembra momentos que marcaram a vida de Vigas.

(5) Yoga: Arquitetura da paz

Baseado no livro homônimo do fotógrafo Michael O`Neill, o documentário conta a história dos dez anos em que o autor fotografou grandes mestres da ioga.

 


FICÇÃO

(6) The Square

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, o longa reflete sobre o mundo da arte contemporânea a partir da história de um curador, Christian – profissional dedicado e cheio de boas intenções. Ele se vê no meio de uma crise existencial após sua exposição “The Square” tomar rumos inesperados.

(7) Com amor, Van Gogh

Apontado como o primeiro filme inteiramente colorido em tinta a óleo, a animação mostra parte da vida do holandês Vincent Van Gogh. A narrativa é construída a partir de entrevistas de pessoas próximas ao artista e reconstruções dramáticas baseadas em cartas escritas por ele.

(8) Esplendor

Vencedor do Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cannes, “Esplendor” narra a história de Misako, uma produtora que faz versões de filmes para deficientes visuais. Durante uma exibição, ela conhece Nakamori, um fotógrafo mais velho que está perdendo a visão.

 


ANIMAÇÃO

(9) Tenha um bom dia 

“Tenha um bom dia” é uma animação produzida pelo artista visual e cineasta chinês Liu Jian. A história se passa no sul da China, a acompanha a tentativa desesperada de um motorista que, ao tentar salvar a desastrosa cirurgia plástica de sua noiva, o rouba uma mala de dinheiro de seu chefe.

(10) A tartaruga vermelha

Indicado como Melhor Animação ao Oscar de 2017, o filme foi dirigido pelo holandês Michaël Dudok de Wit, o primeiro não-japonês a comandar uma produção do celebrado Studio Ghibli. Através da história de um homem que naufragou numa ilha tropical, habitada por tartarugas, caranguejos e pássaros, “A tartaruga vermelha” reconta os feitos na vida de um ser humano.

 

Veja a programação completa da mostra!

#respirearte