Vik Muniz é o primeiro artista contemporâneo a expor no Mauritshuis Museum, na Holanda

6 jun 2016, 11h23

Pela primeira vez em sua história, o Museu Mauritshuis, de Haia, na Holanda, vai abrigar uma exposição de um artista contemporâneo. A partir de 09 de junho (quinta-feira), o brasileiro Vik Muniz exibe uma versão ampliada de sua série Verso.

As obras apresentam os lados reversos de telas de pinturas mundialmente conhecidas, como a Mona Lisa, de Da Vinci, e A Noite Estrelada, de Van Gogh. Muniz também criou cinco novos trabalhos, baseados nas pinturas da coleção do Mauritshuis.

A exibição dos primeiros Versos ao lado de novos trabalhos faz desta exposição a primeira a agrupar um grupo de 15 itens da série. Estarão em destaque as partes de trás de Moça com brinco de pérola e Vista de Delft, ambos de Johannes Vermeer, e Vista da Ilha de Itamaracá, de Frans Post, entre outras obras.

“A série estabelece uma ligação entre a arte contemporânea de Vik Muniz e a pintura dos antigos mestres da coleção do Mauritshuis”, diz a diretora Emilie Gordenker.

Vik Muniz fica em cartaz em Haia até 04 de setembro. Confira mais detalhes no site do museu.