SP-Arte/Foto/2015 promove debate sobre o uso do livro como suporte artístico e fotográfico

4 ago 2015, 19h02

Como parte da programação de eventos da SP-Arte/Foto/2015, a artista, professora e curadora Denise Gadelha recebe Eduardo Brandão, Iatã Cannabrava e Ronaldo Entler na Livraria da Vila do shopping JK Iguatemi para um debate sobre o uso do livro como suporte artístico e fotográfico.

O encontro está marcado para o sábado, 22 de agosto, às 17h.

O crescente número de obras de arte ou ensaios fotográficos concebidos sob o formato de livro chama a atenção hoje, especialmente diante da realidade cada vez mais mediada pela comunicação instantânea. Seria o aumento da circulação deste tipo de publicação um sintoma de uma rede de resistência ao não-lugar da imagem virtual?

Os livros dessa natureza possuem uma dinâmica de difusão própria, que, embora bastante impulsionada pelas redes sociais, busca a materialização dando corpo a uma narrativa particular em uma edição controlada.

Seja com o livro de fotografia, fotolivro ou livro de artista, testemunhamos a democratização dos meios de produção em redes que diminuem a distância entre autor e público.

No debate proposto, será discutido o quanto a diferença de nomenclatura pode influenciar esta dinâmica.

 

Participantes

Os convidados Brandão, Cannabrava e Entler possuem vasta experiência na área da fotografia. Saiba mais sobre cada um deles:

Eduardo Brandão é professor de fotografia no curso de Artes Plásticas da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), atua como curador independente e é sócio-proprietário da Galeria Vermelho.

Iatã Cannabrava fundou o Estúdio Madalena, empresa voltada à produção cultural em fotografia, e, ao lado de Claudi Carreras e Claudia Jaguaribe, criou a Editora Madalena, dedicada exclusivamente à publicação de fotolivros.

Ronaldo Entler é professor e coordenador de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação e Marketing e professor da Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).

#spartefoto2015