Galeria Mezanino expõe trabalhos em pequenas dimensões de Mauricio Parra

13 jun 2016, 16h20

A Galeria Mezanino inaugura no dia 14 de junho (terça-feira) A Ausência é um Estar em Mim, individual de Mauricio Parra que apresenta cerca de 100 obras de pequenas dimensões, realizadas em diferentes técnicas: pinturas, aquarelas e gravuras em metal.

O título da mostra vem de um verso do poema “Ausência”, de Carlos Drummond de Andrade, que descreve uma falta como parte do ser humano.

Os trabalhos em exibição começaram a ser produzidos há três anos, quando o pintor voltou ao Brasil após uma residência na Dinamarca. Valendo-se de elementos como ossos, pedras, ferramentas, caixas de remédios, retratos e objetos do ateliê, o artista reflete sobre o corpo e suas limitações. “Vejo o conjunto dessas obras quase como um autorretrato”, diz Parra.

Sua técnica faz reverência à história da pintura: ele utiliza argila diluída em cola de pele de coelho na preparação do suporte que vai receber a pintura, o que faz com que suas telas adquiram um fundo cor-de-terra. As peças de madeira que usa como suporte, muitas vezes encontradas em caçambas nas ruas, se fazem presentes, alterando o resultado final.

A Ausência é um Estar em Mim fica na Mezanino até 23 de julho. O endereço é Rua Cunha Gago, 208. Saiba mais sobre a exposição no site da galeria.