Balanço
2014


Maior feira de fotografia da América Latina, a SP-Arte/Foto, que neste ano realizou sua 8ª edição entre os dias 20 e 24 de agosto, gerou intenso movimento no espaço expositivo do JK Iguatemi com público especializado, em um final de semana repleto de eventos que tradicionalmente antecedem a Bienal de Artes de São Paulo.

Muitos foram os destaques da Feira, que recebeu 30 galerias de seis estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Pará – além da Marcelo Guarnieri, galeria estreante de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. “Foi uma Feira muito especial, com um grande envolvimento do público não só na exposição, mas também nos encontros, debates e lançamentos da nossa programação”, afirma a criadora e diretora da SP-Arte e da SP-Arte/Foto, Fernanda Feitosa.


visitas guiadas

As visitas organizadas pelo Iguatemi One e pelo Credit Suisse, patrocinadores, e por Esther Schattan, da Ornare, fizeram sucesso e deram overbooking: curadores e críticos acompanharam os grupos pela Feira, comentando trabalhos em cada galeria e aproximando o público das obras. As visitas foram acompanhadas pelos curadores Jacopo Crivelli Visconti, Denise Gadelha, Denise Mattar, Isabel Amado, Paula Braga, Eder Chiodetto, Diogenes Moura e Iatã Cannabrava.


aquisições

As obras vintage foram a grande sensação da 8ª edição, liderando a preferência dos colecionadores convidados já na abertura. Entre as obras adquiridas na primeira noite estão fotografias de Geraldo de Barros, Thomaz Farkas, Gaspar Gasparian e German Lorca, além de panorâmicas do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte, de 1908. A  Pequena Galeria 18 vendeu uma cópia vintage de 1960, com Grace Kelly e o príncipe Rainier III caminhando por Roma, feito pelo italiano Marcello Geppetti.

Estreante na SP-Arte/Foto, a Fólio atraiu as atenções com cuidadosa seleção de fotos vintage de Andre Villers fotografado por Cartier Bresson, feita nos anos 1960, além das fotos de Marc Ferrez, as mais antigas do evento, de 1855.

A SP-Arte/2014 Brasília, cuja primeira edição foi realizada em junho deste ano, já deu resultados por aqui: o colecionador que comprou uma obra na SIM Galeria no evento da capital adquiriu uma fotografia de Isidro Blasco por catálogo.

A edição da Feira foi marcada não apenas pela aquisição dos colecionadores habitués, mas também por instituições que estão apostando na fotografia para seus acervos. Um exemplo é o Itaú Cultural, que adquiriu obras como a série Espelhos Manchados, de Gui Mohallem, trazidas pela Faleria Emma Thomas e de German Lorca na FASS.


ciclo de encontros

As conversas organizadas em parceria com a revista seLecT superaram as expectativas dos organizadores: o público lotou os quatro encontros e participou dos debates levantados pelos artistas e críticos presentes. Participaram das palestras os artistas João Castilho, Cris Bierrenbach, Claudia Jaguaribe e Albano Afonso.


lançamentos

Um dos destaques entre os livros lançados na Feira foi o do artista Cristiano Mascaro, que ficou, de sexta-feira (22/8) até o fechamento da Feira, no stand da Dan Galeria, recebendo seus convidados e autografando os exemplares de livros, que esgotaram. Destaque também para a Schoeler Editions que, celebrando seus cinco anos de existência, trouxe para a Feira os lançamentos do portfólio e photo case Diário da Viagem, de Peter Scheier, o livro Internal Affair, de Marcelo Greco, e a photo case Falling Beauty, de Christian Maldonado.