Galeria Luisa Strina celebra seu 40º aniversário com mostra coletiva

24 Nov 2014, 3:21 pm

Encerrando as comemorações do seu 40º aniversário, a Galeria Luisa Strina apresenta a partir desta terça-feira (25) a exposição coletiva “Eu represento os artistas, Revisited”, que faz um passeio pela história da primeira galeria de arte contemporânea de São Paulo por meio de obras de artistas de diferentes gerações.

Algumas obras-chave na exposição são um retrato de Luisa Strina feito por Wesley Duke Lee e um painel de madeira de Luiz Paulo Baravelli. Elas ilustram as origens da galeria, que teve início no ateliê de Baravelli, em 1974, quando um grupo de artistas escolheu a galerista para representá-los.

Outros destaques são a instalação “Quarto de Carne com Anima”, realizada por Antonio Dias para o espaço original da galeria em 1996 – quando as paredes da galeria foram cobertas com papel que reproduzia a pele do artista; um trabalho da série “Uma Linha Dura…Não Dura”, de Nelson Leirner, parte de uma exposição/performance de 1978; a escultura “Obscura Luz”, um dos primeiros trabalhos de Cildo Meireles expostos na Luisa Strina; e uma série de pinturas do venezuelano Juan Araujo baseada em fotografias e documentação da galeria.

Figuras importantes para a história da galeria, como Leonilson, Leda Catunda, Caetano de Almeida e Edgard de Souza também estão representados.

“Eu represento os artistas, Revisited” tem abertura nesta terça, e a Luisa Strina fica na Rua Padre João Manuel, 755, Cerqueira César. Saiba mais no site da galeria.