Sé destaca segunda individual de Michel Zózimo em seu espaço

24 May 2016, 5:57 pm

Está em cartaz na Sé a mostra A mão prolongada e as ciências do sonho, segunda individual do artista Michel Zózimo na galeria, com curadoria de Diego Matos.

Zózimo parte de um imaginário pessoal derivado de estudos sobre religiões obscuras e seitas agnósticas, utilizando-o na invenção de uma simbologia esvaziada de sentidos morais ou de crenças em forças superiores.

Entre os trabalhos apresentados, a maioria inéditos, destaque para a série Horimono, formada por três desenhos-pinturas realizadas com muitos materiais, como lápis, aquarela, tinta acrílica e óleo, nanquim, grafite e dermatográfico, sobre lâmina de cedro, nogueira e carvalho. São feitas camadas finas e sucessivas que se sobrepõem na madeira que as absorve. O artista manipula os materiais, desenvolvendo uma forma de trabalhar que lembra a técnica de tebori, tatuagem oriental.

O resultado final desse processo é uma imagem plana, na qual todos os materiais são absorvidos pela madeira, não sendo possível perceber matéria sobre a superfície.

A mão prolongada e as ciências do sonho fica até 06 de agosto na Sé. O endereço: Rua Roberto Simonsen 108, Centro Histórico, Sé. Para outras informações e visitas agendadas, acesse o site do espaço.