Pinturas de Gabriel Giucci na Portas Vilaseca Galeria retratam personagens da Operação Lava-Jato

27 Apr 2016, 6:44 pm

A Portas Vilaseca Galeria, no Leblon, Rio de Janeiro, abre nesta quinta-feira (28) a exposição Desvio, de Gabriel Giucci. A individual destaca 16 pinturas inéditas.

A partir de desdobramentos da Operação Lava Jato, Giucci passou a acompanhar as figuras que apareciam no noticiário. “Eu via nos rostos de Graça Foster e Nestor Cerveró pinturas de Goya e Francis Bacon”, conta.

No final de 2015, a Lava Jato havia tomado por completo o noticiário. “Fui compelido a pintar, mas também fui obrigado a considerar outros valores além da pura plasticidade dos rostos. Passei a considerar a condição humana, a natureza do poder, as manipulações, o jogo feito entre as empresas e a política.”

Os trabalhos se aproximam mais do gênero de “tronie” (pintura holandesa do século 17 que enfatiza as expressões faciais) do que da ideia de retrato clássico. Giucci se inspira em obras de Frans Hals e Rembrandt, em que os retratados estão sempre em ação ou sujeitos a algum tipo de tensão.

Desvio permanece em cartaz até 29 de maio. Anote o endereço: Avenida Ataulfo de Paiva, 1079, Loja 109, Subsolo, Leblon. Mais informações no site da galeria.