No Rio, Athena Contemporânea apresenta pinturas inéditas de Rodrigo Bivar

4 Jun 2016, 10:55 am

A Galeria Athena Contemporânea inaugura no dia 07 de junho (terça-feira) a mostra Nada pensa nada, individual de Rodrigo Bivar que destaca 11 pinturas inéditas.

O título deriva de um verso de Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa, em O Guardador de Rebanhos: “Que pensará isto daquilo? Nada pensa nada.”. Para Bivar, se o escritor diz que “o sentido íntimo das coisas é elas não terem sentido íntimo nenhum”, não haveria razão em escrever nada. “Mas escrevendo ele torna o mundo um lugar um pouco mais confuso, menos pragmático ou funcional. Eu gostaria que minhas pinturas tivessem essa qualidade”, diz.

Suas pinturas abstratas, que a partir da série Lapa assumiram um tom mais rigoroso, agora parecem radicalizar a simplicidade das formas.

Entre outras ações novas, o brasiliense encarou o ato de eliminar as manchas de suas pinturas, deixando em algumas delas apenas vestígios estruturais. Outras vezes, formas retangulares evidenciam somente algumas linhas de cor escondidas pelo branco.

Nada pensa nada permanece em cartaz até 09 de julho. O endereço: Avenida Atlântica, 4.240, conjuntos 210 e 211, Copacabana. Saiba mais no site do espaço.