MIS-SP destaca Martin Parr e Jorge Bodansky em programação especial de fotografia

16 Jun 2016, 3:10 pm

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP) apresenta a partir de 18 de junho (sábado) a programação do tradicional Maio Fotografia – neste ano, excepcionalmente, o evento foi transferido para os meses de junho e julho.

A série de exposições e atividades ligadas à fotografia traz à capital paulista a maior retrospectiva da obra do inglês Martin Parr já realizada na América do Sul, além de uma mostra do cineasta e fotógrafo Jorge Bodanzky.

Com 244 imagens, Parrtificial tem curadoria de Iatã Cannabrava e é dividida em sete seções: Self-Parrtrait traz autorretratos; Bookshop permite aos visitantes explorar fotolivros de Parr e de sua coleção particular; We Love Britain mostra a irônica visão do artista sobre o modo de vida britânico; Bored Couples é uma observação sobre os casais “que perderam o brilho nos olhos”; Parr’s Labyrinth satiriza a indústria do turismo global e os destinos favoritos; Life’s a Beach traz imagens feitas em praias ao redor do mundo; e Martin’s Square retrata a sociedade de consumo.

 

A Amazônia de Jorge Bodansky

Por sua vez, No meio do rio, entre as árvores – A Amazônia de Jorge Bodanzky conta com produções fotográficas e cinematográficas desenvolvidas na região amazônica, da qual o artista se aproximou como repórter da revista Realidade em 1968, e de onde derivou Iracema, uma transa amazônica, seu filme mais conhecido.

Com fotografias, Super 8, vídeos e longa-metragens, a mostra percorre quase 50 anos de produção relacionados a essa região do país. A curadoria é de Thyago Nogueira e André Sturm.

 

Programação

Na ocasião da abertura (18 de junho, sábado), haverá debates com Parr e Bodanzky às 13h e às 15h, respectivamente. O MIS também exibe três filmes do brasileiro.

A programação do Maio Fotografia abrange também a exposição Vertentes, espaço de dentro, de André Conti, parte do programa Nova Fotografia 2016; a 23ª Foto Feira Cavalete, organizada pela DOC Galeria; a mostra Acervo MIS/Primeiras Missões, que traz registros fotográficos de aspectos socioculturais da vida no Vale do Ribeira entre 1972 e 1974 por um grupo de jovens integrantes da equipe do MIS, e que caracteriza a coleção nº 1 do museu; e o FLAMOB 2016 – Festival e Prêmio latino-americano de Mobgrafia.

O MIS está na Avenida Europa, 158, Jardim Europa. Você encontra mais informações e agenda completa de eventos no site da instituição.